Slide

Blog Conheça o novo Cores 07/02/2019

Você Nasceu Para Isso | Resenha


Ei! Tudo bem?
Espero que sim :)

Hoje é dia de trazer resenha de um livro de suspense da autora Michelle Sacks, seu primeiro romance e meu primeiro contato com a escritora. Inclusive, é com a história de Sacks que a gente abre a temporada de postagens feitas especialmente para a Editora Intrínseca, que por 2019 será parceira do Cores.

Autor(a): Michelle Sacks
Editora: Intrínseca
Gênero: Suspense
Páginas: 272
Sinopse: Sam Hurley, professor, e sua esposa Merry, cenógrafa, trocam os confortos de Nova York por um estilo de vida completamente diferente em uma casinha isolada na Suécia. Apesar do quadro idílico que o casal com um bebê recém-nascido em paisagens de contos de fada representa, problemas com raízes muito profundas ameaçam o relacionamento. Sam, que nunca contou à esposa que na verdade foi demitido da universidade, também mente sobre seu dia a dia na nova cidade. Merry, por sua vez, sempre escuta do marido que nasceu para ser dona de casa, mas não sabe o que fazer com o ódio que alimenta por todas as tarefas cotidianas: a jardinagem sem-fim, a arrumação da casa, o preparo de refeições para a família e os cuidados com um bebê que por ora só parece dar trabalho. O instável equilíbrio da família se perde por completo com a visita da melhor amiga de Merry, a glamourosa Frank. Ela conhece Merry muito bem, conhece sua história, e agora, com a proximidade, é capaz de ver quem Sam realmente é. Mas Frank tem os próprios segredos, e, à medida que sua narrativa se junta à história do casal, fica claro que ela sofre pelos próprios pecados e talvez não seja capaz – ou não queira – salvar ninguém. 

Sam e Merry possuem um filho recém-nascido, Conor. São americanos com a vida perfeita, uma dona de casa, um filho lindo e um homem que saí para trabalhar. A família ideal, estilo comercial de margarina. No entanto se mudaram para a Suécia, em uma casa afastada perto de uma floresta para um novo recomeço. A verdade é que o casal maravilhoso tem um passado e presente assustadores e que será desmascarado quando Frank, melhor amiga de Merry, decide passar um tempo na Suécia com os amigos.

Frank irá descobrir que as fotos que Merry mandava, mostrando uma família perfeita, estão erradas. Merry, na verdade, odeia sua vida de dona de casa, odeia o filho, que supostamente estragou sua vida, e odeia a sensação que seu marido passa em como ela nasceu para ser "do lar". Já Sam esconde um passado terrível de traição, em que foi expulso do último emprego. Não querendo largar sua vida, Sam continua saindo escondido deixando Merry sozinha com Conor em uma casa isolada da civilização. Frank, porém, vai perceber que essa é a vida que ela sempre quis e que Merry pode ter roubado dela, então fará de tudo para que aos poucos ela se torne a dona da casa com a família perfeita.

"Sam sentiu o aroma da manteiga, do açúcar e das frutas e veio até a cozinha ver o que eu estava fazendo. Olhou para mim e sorriu, feliz como um pinto no lixo.
Viu, disse ele, não é o que eu sempre digo? Você nasceu para isso."

Estou muito feliz em iniciar essa resenha, pois apesar de não ter lido nada de Michelle Sacks antes, sei que não poderia ter um primeiro contato melhor do que esse. Você Nasceu Para Isso é uma obra genial, possessiva, chocante, inteligente e que vai fazer a cabeça de qualquer um explodir. Sacks tem uma escrita objetiva, detalhada e que apresenta todos os aspectos e informações da história na hora certa, é impossível não delirar com cada página.

Gosto do fato de essa obra ser sobre algo atual, podemos discutir diversos assuntos importantes, principalmente com a construção desses personagens.

Começando por Sam que é, provavelmente, a pessoa mais simples de toda a história, mas é ao mesmo tempo muito complexa. Com o passar das páginas a gente percebe que Sam ama Merry, na cabeça dele, e a gente também percebe que ele odeia mulheres no geral, que elas precisam sofrer, já que todas - sem exceção - o fizeram sofrer em algum momento de sua vida. Ele era professor universitário e decidiu se mudar para Suécia com o intuito de se renovar e fazer um novo começo para ele, mesmo que ele afirme que esse será um começo para toda sua família. Porém, as traições persistem na obra e Sam não vê isso como algo ruim, até mesmo Merry não se importa com o fato com o passar do tempo. Sam me deu agonia pelas coisas que ele ficava impondo para Merry, e as suas falas que são machistas e enlouquecedoras.

Com a chegada de Frank, a história parece ainda mais assustadora, pois é aí que os segredos (que não são muito escondidos pelos personagens) aparecem de vez. Sam sente um desejo absurdo por Frank, e com sua persuasão faz com que ela pense que ela é a culpada de toda a situação de tensão sexual. Isso acontece porque Sam se mostra cada vez mais interessado pela forma que Frank cuida de Conor, como ela é gentil, como nasceu para ser uma boa mãe. Frank vê naquela vida um lugar para ela mesma e, apesar de Merry ser sua melhor amiga, há muito no passado das duas que mostra desejo de vingança e rancor.

Por fim, temos Merry e juro que eu queria não gostar dela ou não entendê-la, mas eu não consegui. Eu adoro Merry, mesmo ela não tendo opinião própria e o tempo todo ficando a mercê de seu marido. Mas eu a entendo não por isso, mas sim pelo seu amor por Conor, um amor doentio e ruim. Ela não nasceu para ser mãe, ela não queria ser mãe e faz de tudo para que não engravide novamente, mesmo Sam insistindo nisso em todos os momentos da história. A construção de Merry é tão boa que você começa a criar empatia pela personagem e quer ajuda-la, o que ela pensa você toma como verdade, mesmo que essa seja uma verdade deturpada.

"Se você nos visse, provavelmente nos odiaria. Parecemos atores em um comercial de margarina: felizes e contentes. A família perfeita, com a vida perfeita. Não foi mais um dia perfeito? é o que sempre dizemos ao fim de dias assim. Uma confirmação. Uma promessa."

O clímax da obra é um tanto quanto previsível, mas como ele acontece um pouco antes da metade do livro o desfecho se saiu genialmente bem. Sacks consegue levar o leitor ainda mais para dentro da história, sentindo as emoções das personagens. Ela vai devagar e se aprofundando mais no psicológico de cada protagonista, enlouquecendo quem lê. Achei o final incrível, super detalhado, com vários momentos que deixam o leitor no ápice da leitura e que aumenta ainda mais os debates anteriores.

Essa é uma história que vai crescendo e quando você fecha o livro a sensação que dá é de alívio por ter saído dessa vida montada e de aparência, mas vem também uma sensação de carência por não estar mais vivendo essa vida assustadora com personagens psicologicamente conturbados.


O livro não possui marcações de capítulos, assim como não possui marcação de fala, ele é corrido como se você entrasse no pensamento de cada personagem que está narrando. A narração é feita em primeira pessoa e ela fica se alterando entre Merry, Sam e Frank.

Essa foi uma das inovações de Michelle Sacks durante a obra, me surpreendendo ainda mais com cada detalhe. Inclusive, falando sobre detalhe, o livro está com uma edição maravilhosa que inclui tintura vermelha na lateral e uma capa maravilhosa que já antecede um pouco sobre os desastres que ainda aparecerão.

Você Nasceu Para Isso é uma obra real, original e que trata do que há no mais profundo íntimo de um relacionamento. É uma história obscura e mostra diversos segredos, como a vida é violenta e revela o pior que há em cada um. É um livro surpreendente que até o leitor que não se sente bem com o gênero suspense vai gostar.

O foco da obra é mostrar a realidade de um relacionamento em que o casal se baseia em mostrar uma vida perfeita que não existe, em montar uma história que não é real, não construir algo com base e com reciprocidade, em Você Nasceu Para Isso não existe uma relação saudável, e é por isso que tudo desaba.


"Ah, bebê, falei, pegando-o no colo, beijando e acalentando. Mamãe sente muito. Mamãe não quis fazer isso.
Eu o segurei e o acaricie, mas ele só berrou ainda mais."

Ninguém possui uma vida perfeita, uma vida sem problemas e com o tudo funcionando. Todos possuem momentos ruins, a solução não é se moldar. Você Nasceu Para Isso é uma obra brilhante que mostra o pior que uma pessoa pode ser e o que alguém pode fazer por aquilo que ela considera o certo, mesmo que esse certo seja para a sociedade e não por você mesmo.

É uma leitura obrigatória sim, pois são poucas as vezes que eu não reclamo de algo em uma história. Sacks se saiu muito bem e eu não mudaria nada.

"Eu estava viva. Talvez fosse perdoada. Ou tivesse renascido. Lá vamos nó de novo, Merry."

Nota: 5/5 ♥ 
*Livro cedido em parceria com a Editora*

Compre Você Nasceu Para Isso | Amazon | Saraiva

Um beijo e paz no coraçãozinho de vocês! ✩

  1. Amei essa sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️..

    Meu Blog: Caju Cap

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Samara! Fico muito feliz em ler seu comentário :)
      Volte sempre!

      Excluir
  2. As aparências podem mesmo sufocar, acredito como vc que esse é livro necessário!
    Fiquei curiosa pra saber o desfecho, nem imagino como eles puderam lidar com esse castelo de areia desmoronando!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Que resenha empolgante e empolgada, haha. Parabéns pela parceria, Cecília! E eu vi esse livro no Instagram em alguns momentos, mas não tinha lido nenhuma resenha sobre ele. Fiquei encantada e curiosa, apesar de supor um pouco da história pelo que você contou. Uma história tão real, né?! Há tantas famílias assim, de fachada, que vivem perto da gente. Livros assim nos alertam para a realidade, é o tipo de obra que amo. Amo muito suspense e tenho certeza que vou amar esse. E realmente essa edição tá um arraso, menina. A editora caprichou. ❤️🤗
    Beijos
    Http://eusouumpoucodecadalivroqueli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom ler isso, Mirelle! O livro me trouxa diversas sensações, que legal saber que eu consegui passar um pouquinho delas :)
      Muito obrigada, estou feliz com a parceria!
      É um livro muito realístico, acho que choca por isso. Você vai gostar de ler!
      Intrínseca sempre arrasando :)

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Ceci! Estou gostando cada vez mais de suspenses envolvendo dramas familiares. O clichê da família tradicional ou perfeita, que acaba se mostrando o contrário depois, é ainda mais bem-vindo. Estou de olho nesse livro desde que vi sobre seu lançamento, espero conseguir ler em breve. Fiquei muito curiosa com relação à narrativa disforme, com certeza deu um toque diferencial a tudo. Adorei a resenha, bjs.

    http://abducaoliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Gisele!
      Se você se interessa pelo gênero e pela trama familiar, você vai amar com certeza esse livro! Depois me conta o que achou :)

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?

    Primeiro, parabéns pela parceria! A Intrínseca é uma editora ótima e seu blog é incrível.
    Segundo, eu ando vendo bastante sobre esse livro recentemente, mas não tinha parado para ler uma resenha e eu AMEI. Já está na minha lista.

    Beijos,
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Maria!
      Muito obrigada :)
      Fico feliz em saber que você parou aqui para ler a resenha então, espero que goste da leitura!

      Beijos :*

      Excluir
  6. Oi, tudo bem ?

    não conhecia a obra, mas já antecipo que fiquei passada com essa resenha . O livro tem uma proposta intrigante e você ressalto muito bem bem os pontos altos da obra, muito bom saber que a obra foi genial e irá explodir a cabeça de muita gente com o seu desenrolar . Com toda certeza é uma ótima indicação, os quotes estão chamativos e o fato de você ter ressaltado o clímax ser um tanto previsível, só mostrou sinceridade em seu julgamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei!
      Que bom que a resenha te despertou o interesse.
      Obrigada por comentar :*

      Excluir