After The Fall | Resenha

14 de jan de 2019
Foto: Andrea Justen

Ei! Tudo bem?
Espero que sim :)

Finalmente chegou o momento tão aguardado por mim em 2018: finalizar a leitura de After The Fall. Isso, porém, só aconteceu em 2019, mas fico imensamente feliz por estar trazendo a continuação da história de Quinn e James, os vencedores do meu Oscar literário de casal mais problemático.

O primeiro livro foi uma surpresa e tanto, meu coração parecia que ia explodir e sair de minha boca. Foi também meu primeiro contato com Amanda Maia, uma autora independente muito querida e que merece todo reconhecimento do mundo, seus livros são inspiradores.

Mas chega de enrolação, não me aguento mais de ansiedade, preciso compartilhar o que eu achei da segunda obra da trilogia The Fall.

After The Fall - Amanda Maia

Sinopse: Quatro anos depois da verdade ser revelada, Quinn está em seu penúltimo ano da faculdade enfrentando seus demônios do passado e tentando seguir em frente com sua vida depois de James a ter devastado completamente. Além de ter que lidar com as mentiras, ainda precisa encarar o que seu pai fez e como aquela desonra mexeu com tudo a sua volta, inclusive com sua vida social. As pessoas não olham para ela da mesma maneira, a veem como uma aberração e herdeira de uma completa catástrofe. Devido ao que aconteceu, Quinn se tornou uma garota fechada que evita contatos íntimos. James ainda está aprendendo a lidar com a culpa. Nada parece tão pesado e doloroso quanto a lembrança do último olhar que Quinn lançou a ele: desprezo. Ele aprendeu, desde que trabalha para o governo, que o seu coração jamais poderia estar acima de sua razão ou isso lhe custaria vidas inocentes. Mas, apesar de tudo, seu coração insiste em ser mais forte que qualquer motivo racional para se manter longe. James está convencido de que Quinn nunca fora a regra, mas a exceção, que o levou a trilhar o caminho inverso ao que sua profissão mandava. A história que ambos achavam ter ficado no passado está mais presente do que nunca. A missão que James achara ter terminado havia apenas começado e a queda que eles viveram, não era nada comparado ao que estava prestes a conhecer.


Foto: Andrea Justen

Páginas: 465 | Autor(a): Amanda Maia | Autor(a) Independente: Ebook Amazon | Gênero: Romance 
Série: The Fall #2

Acho que eu nunca pareci tão desesperada em um início de resenha, mas aqui vai: Leiam o primeiro livro, por favor! A resenha dele já está no blog, vocês podem conferir aqui. É extremamente importante que vocês tenham conhecimento da resolução do livro anterior para compreender até mesmo essa resenha. Ademais, continuo dizendo que é uma obra incrível e que vale a pena a leitura.


Quatro anos depois da história do primeiro livro, Quinn não é mais uma adolescente no colegial. Agora é quase formada em Direito e está cada dia melhor, tentando aceitar seu passado e todo o sofrimento causado por pessoas tão próximas a ela, a quem achou que poderia confiar.

Ainda arrasada, ela se depara com um presente da pior maneira possível: James como seu professor, novamente. Quinn não estava preparada para o reencontro, na verdade, achou que nunca estaria, mas ele precisava acontecer, pela sua própria segurança.

Com a presença do amor de sua vida, Quinn precisará enfrentar seus sentimentos e entender de uma vez sobre perdão, perdoar a si mesma e a James, isso será a tarefa mais difícil e a mais importante. Se não bastasse, o casal ainda enfrentará verdades dolorosas que mostraram que, na verdade, a queda anterior não se compara com a que eles estão prestes a passar.

"Minha honra foi chafurdada pela reputação do meu pai, ele não afundou só a si, como toda a família."

Há quase um ano eu me encontrava nessa mesma situação: tentando escrever uma resenha de um livro tão impactante. Isso é completamente culpa da autora. Apesar de eu não ter tido tanto encanto e tanto impacto quando no primeiro, sei que terminei essa leitura querendo bem mais. Não estou preparada para o terceiro e último livro.

Entretanto, preciso aproveitar a oportunidade de falar sobre a segunda história de Quinn e James, o casal de 2018 e, provavelmente, o de 2019 também.

Foi um livro que me fez matar saudades das personagens e ver como eles mudaram, na verdade, como Quinn mudou. Como na história anterior James já era uma pessoa mais velha, ele era mais maduro que a protagonista, a sua maior mudança foi que nós conseguimos sentir seu amor por Quinn e acabamos conhecendo uma pessoa mais emotiva, o que foi muito legal. Mas, é óbvio, quem me surpreendeu de verdade foi Quinn, a mocinha que, dessa vez, não é mais a coitada da história.

"Eu não sentia nada, porquê não havia nada que eu pudesse sentir. Ele mentiu para mim durante todos aqueles meses e não me admirava que estivesse surtando."

Quinn teve um desenvolvimento brilhante, isso ninguém pode negar. É sempre bom ver mudanças positivas em uma personagem que a gente gosta, não é?! Dessa vez isso acontece por uma série de questões que ela precisa resolver e ações que ela precisa tomar para que ninguém se machuque. Como nós, leitores, e ela, Quinn, temos noção de todos os mistérios do livro anterior, todo mundo parece ter uma participação maior. É claro que fiquei indignada com alguns caminhos que ela decidiu seguir, somos completamente diferentes e eu precisei lidar comigo mesma para não xinga-la. Porém, diferentemente de Our Fall, nesse livro minha indignação era de quem não faria o mesmo e não de quem olhava para a personagem como alguém pequena e sem noção de mundo. Quinn está diferente, e isso era tudo o que o livro precisava para melhorar. (Não que antes ele tenha sido ruim.)

Além dela nós temos James, que continua sendo o crush de qualquer leitor. Talvez até intensifique o amor. Ele também toma decisões precipitadas que podem incomodar algumas pessoas que estão lendo a obra, mas no meu caso eu consegui entender suas razões e isso não me perturbou em nenhum momento.

Outras personagens foram deixadas de lado, como Alice, a irmã mais nova de Quinn. Entendi que as coisas aconteceram muito rápido e já começamos a ler a história em uma velocidade muito alta, mas como na obra anterior as irmãs tem muita conexão, senti realmente falta da criança que deixou tudo mais engraçado em Our Fall. Porém, ganhamos personagens novos, amigos da protagonista, que são muito queridos e que ajudam a manter a leitura mais amorosa quando muitos conflitos vão aparecendo.

"Para ser sincera, eu nunca pude prever nada quando se tratava dele. Eu mudei todo o meu destino para poder sobreviver à sua ausência."

Esse é o famoso segundo livro, aquele que em uma trilogia todo leitor tem medo, pois é quando a obra cai. Eu costumo dizer que é uma história de transição, no primeiro nós precisamos conhecer os personagens e entender seus conflitos; no terceiro tudo precisa ser resolvido - mesmo que seja um desfecho ruim -; e o segundo, porém, precisa ser uma corda que liga duas extremidade, e é isso que After The Fall faz. Inclusive, mesmo não sendo um livro pequeno (ainda menor que o anterior), a impressão que dá é que a obra é curta e tudo passa rápido. De forma alguma isso atrapalha o leitor e sua ligação com as páginas.

Acho também que o que ajuda a encurtar a história foi a previsibilidade dela. Não me entendam mal, mas achei que tudo foi entregue muito rápido. É claro que temos dúvida o tempo inteiro, estamos falando sobre a Amanda Maia, todavia, as coisas iam acontecendo, uma em cima da outra, e no fim a gente teve a realidade do começo, e não algo tão surpreendente. Era bastante óbvio que certos momentos iam acontecer, então espero que a próxima história me alegre mais nesse aspecto, e que também possa concluir essa sequência de forma satisfatória.

"Sabia como tudo tinha começado, agora queria ver como nós terminaríamos."

Acredito que cada livro tenha falado sobre algo, um ponto muito importante para que o leitor focasse. A primeira obra, nitidamente falava sobre se conhecer e amadurecimento, uma história mais infantil, principalmente se a gente levar em conta a idade da protagonista. Já esse livro o ponto que, pode não ser o mais relevante para os leitores no geral, mas para mim foi sensacional, foram os sentimentos da Quinn. Ela continua me irritando profundamente, é claro, mas esse livro é sobre perdão e eu entendi que para a personagem sua história é bem mais complexa em After The Fall do que em Our Fall, só por causa dos sentimentos e em como ela irá lidar com tudo o que está acontecendo. Eu mudaria milhares de ações em Quinn, mas sabendo quem ela é, Amanda conseguiu lidar de forma brilhante com as emoções de uma pessoa que sofreu muito por amor, tanto amoroso quanto familiar. Mas sem spoiler por aqui...

Isso foi uma das coisas que eu mais gostei nessa sequência, os sentimentos das personagens e como eles foram tratados de forma viva e real.

"Eu me preparei por quatro ano para receber seu ódio, seu desprezo, a sua raiva reprimida, mas tudo o que eu via em seu rosto pálido era: tristeza."

Seria impossível falar sobre algum livro dessa autora sem falar sobre ela em si. Amanda foi uma descoberta incrível do ano passado e eu gosto muito de sua escrita, é sempre acolhedora e nos envolve facilmente. Todos os personagens, mesmo com suas diferenças, nos empolgam, até os mais "vilões". Eu também percebi, como minha terceira leitura, que ela tem um foco em colocar alguma questão psicológica em suas histórias, o que é sensacional tendo em vista o mundo atual.

Amanda é uma das melhores autoras nacionais que eu já li e eu não falo isso porque ela é parceira do blog, mas porque seu trabalho é de se admirar. Então consigo indicar até para quem não gosta do gênero, pois mesmo que exista uma sinopse que dá a entender que leremos sobre um romance romântico, a gente vai ler sobre muito mais do que isso.

Despeço-me dessa história com dor no coração, sei que lerei o último em breve e não sei como será escrever a resenha para vocês. Ademais, estou louca para conversar com alguém que tenha lido, então venha falar comigo e vamos compartilhar nosso amor literário. Se você ainda não leu, podemos conversar também para nos empolgarmos. Aposto que nenhum leitor se arrepende de conhecer James e Quinn.

"Recolhi meus caquinhos para tentar superar a devastação que seu furacão causou na minha vida, mas como... como eu poderia pedir ao meu coração para se apaixonar por outra pessoa quando ele ainda desejava James tão intensamente?"

Nota: 4/5 ♥ 
*Livro cedido em parceria com a Autora*

Compre After The Fall | Amazon

Um beijo e paz no coraçãozinho de vocês! ✩

0 Comentários:

Postar um comentário