Slide

Blog Conheça o novo Cores 07/02/2019

Uma Noiva para Winterborne | Resenha

Foto: Cecília Justen

Ei! Tudo bem?
Espero que sim :)

Uma resenha que demorou muito tempo a sair, mas assim que terminei de ler comecei a escrever a postagem. Depois de ler Um Sedutor sem Coração, primeiro livro da série, eu fiquei louca para conseguir ler Uma Noiva para Winterborne. Os protagonistas desse livro na obra anterior chamaram tanto a minha atenção que imaginei que eles seriam meus favoritos, e no final... Ah! Vocês descobrem com a resenha.

Uma Noiva para Winterborne - Lisa Kleypas

Sinopse: Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer – nos negócios e em tudo mais. No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda. Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão. Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.

Foto: Andrea Justen

Páginas: 336 | Autor(a): Lisa Kleypas | Editora: Editora Arqueiro | Gênero: Romance de Época 
Série: Os Ravenels #2

Leia a resenha do primeiro livro aqui
As obras não precisam ser lidas em ordem cronológica. 

Depois de sermos apresentados a Helen e Rhys na obra anterior, esse livro foca em contar o que aconteceu depois do relacionamento dos dois ter acabado. 

Helen Revenel sempre fora uma menina tímida e retraída, o que se deve aos pais que a acostumaram a viver presa dentro do Priorado Eversby. Rhys Winterborne, ao contrário da mocinha, é um homem livre que construiu sua própria fortuna. Sendo amigo de Devon, primo de Helen, aparece na residência dos Revenels quando sofre um acidente de trem. É nos cuidados da jovem da casa que o Sr. Winterborne se cura e antes de voltar para Londres propõe um casamento com Helen, que aceita imediatamente. Porém, é no primeiro contato íntimo dos dois, um beijo, que a protagonista fica sem reação e foge, rompendo com seu noivado em seguida. 

É em Uma Noiva para Winterborne que Helen percebe que está arrependida e aproveita sua passagem por Londres para visitar a loja Winterborne, em que Rhys é dono. Se sujeitando a tudo para convencê-lo que o relacionamento dos dois é necessário, o homem faz uma proposta tentadora para que Helen não desista nunca mais do casamento, o maior medo de Rhys é que eles rompam novamente, já que se encontra completamente apaixonado. Entretanto, o acordo é inflexível e Helen precisará entregar sua virgindade para o cara que a ama como um sinal de que o casamento acontecerá. Sem pensar nas consequências, a jovem aceita e aos poucos vai descobrindo sobre o passado de Rhys e percebe que o seu interferiu diretamente nos acontecimentos da vida de Winterborne, o que pode prejudicar ambos os lados e acabar com a relação que eles lutaram para construir. 

''Você roubou o ar que eu respiro, cariad. E agora estou fadado a contar os dias até poder pegá -lo de volta com você, um pouco a cada beijo.''

Eu não sei se o livro superou as minhas expectativas, mas sei que ele me surpreendeu bastante e amei todos os deles dele, do início ao fim.

Novamente Lisa Kleypas se mostrou uma autora brilhante que com sua escrita consegue levar qualquer leitor, o fã ou não de Romance de Época, a paixão. Lisa conduziu a história de forma sensacional, ligando todos os pontos e falando sobre personagens reais. 

"Ame-me por quem eu sou, como eu a amo por quem você é... e nosso laço durará até as estrelas perderem o brilho."

Quando eu pensei sobre o que escrever sobre cada personagens foi impossível não querer começar com Rhys, um protagonista um tanto quanto problemático. Aceitá-lo inicialmente foi muito difícil, os primeiros capítulos ele era um homem completamente tomado por desejo e era possível até questionar se ele amava Helen ou só estava querendo saciar sua vontade íntima. Quando ele falava sobre fazer acordos era de um modo grosseiro, que só não me decepcionou porque em todos os momentos a protagonista sabia o que estava fazendo e concordava com todas as ações que ambos iriam tomar, sabendo até mesmo que se tudo desse errado ela que estaria à margem da sociedade, por simplesmente ser mulher. 

Aos poucos Rhys foi ganhando espaço no meu coração e no final da história ele já tinha sido eleito o meu crush literário de 2018 e eu amaria dar outros prêmios para ele. Durante todo o livro ele se mostrou alguém com caráter, um homem sincero, apaixonante e muito compreensível, inclusive com a maior problemática da obra. Alguém sensato era tudo o que eu precisava, e ganhei. 

Na verdade, quem ganhou foi Helen Ravenel, mesmo com sua timidez. 
Falar sobre essa personagem também é difícil, mas é muito satisfatório, pois Helen é forte, ao contrário do que todo mundo diz durante a história. 

Ela é uma mulher que vai descobrindo aos poucos sobre a realidade fora do Priorado e se acostumando a ele de sua maneira, mas lidando muito bem com a sociedade londrina. Alguém sem enrolações e muito convicta de suas ações, se mostrando uma mocinha amigável e que você vai querer fazer amizade e ajudá-la. 

Com Helen, a autora soube trabalhar muito bem a questão da timidez e como ela se desenvolve, o que foi o ponto chave da obra. Ademais, Lisa Kleypas aproveitou a bondade da personagem para chocar o leitor no final da leitura, mesmo que ela já tenha entregado boa parte do desfecho no início da história. 

Além desses personagens maravilhosos nós temos os secundários que continuam roubando a nossa atenção durante a leitura. Foi incrível rever Devon e Kathleen, saber como o relacionamento deles foi desenvolvido depois da obra anterior foi uma questão muito legal. Ademais, acompanhar as aventuras das gêmeas Pandora e Cassandra foi acolhedor e extremamente engraçado. Não vejo a hora de ler o próximo livro para que eu saiba mais sobre a força feminina de Pandora, que tem no seu empoderamento momentos feministas geniais para a época. E falando sobre feminismo seria impossível não citar a nova personagem que a série nos dá nessa obra, a Dra. Garrett Gibson, que foi gentilmente inspirada na Dra. Elizabeth Garrett Anderson, primeira mulher a se formar em medicina na Inglaterra. 

Foto: Andrea Justen

"Aquilo era o que o amor fazia com um homem: transformava-o em uma abelha semibêbada, voando em círculos de cabeça para baixo."

Já falei muito sobre a escrita de Lisa Kleypas, mas acho válido ressaltar sobre sua singularidade e paixão ao escrever e ao descrever as relações amorosas dos personagens, sejam elas sexuais ou não. Todos parecem muito apaixonados e vivos em seus convívios durante a história. Temos as irmãs que são próximas, o casal que está construindo um novo romance, uma criança que está se desenvolvendo, os empregados e seu amor pelo trabalho, entre outros. Tudo é muito real, e lindo. 

"- Sei tudo de preconceito - comentou Rhys com serenidade. - O único modo de lutar contra ele é provando que essas pessoas estão erradas."

Infelizmente preciso me despedir de vocês e dessa história, meu coração fica na mão e eu não consigo mais esperar para ler a continuação e saber um pouco mais sobre os meus queridinhos. Essa família, um tanto quanto desengonçada, ganhou tanto espaço em meu coração que eu não sei o que farei quando terminar a série, precisarei de mais Ravenels e Lisa Kleypas em minha vida. 

Uma história para se apaixonar, soltar vários suspiros de amor e sorrir sem ao menos perceber. Impossível não se encantar por Winterborne e Helen, um casal que venceu barreiras e tinha tudo para terminar em ruínas, mas que vai mostrar que só uma coisa vence tudo: o amor. 

"- Quando estávamos em Londres, você me disse que seu mundo era muito pequeno. Bem, o meu é muito grande. E você é a pessoa mais importante nele."

Nota: 5/5 ♥ 
*Livro cedido em parceria com a Editora* 

Compre Uma Noiva para Winterborne | Submarino | Amazon 
Baixe um trecho de Uma Noiva para Winterborne | PDF

Um beijo e paz no coraçãozinho de vocês! ✩

  1. Muito bom! Seu blog é muito bom mesmo, estou amando ler os seus artigos..

    Já salvei seu Blog em meus favoritos.


    Estou amando seu blog ❤️


    Meu Blog: Loteria dos Sonhos de Hoje

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Samara!

      Muito feliz em ler seu comentário :)
      Obrigada por favoritar!

      Excluir
  2. Oie!!

    Eu comecei a ler da Lisa tem pouco tempo e acho que já virei fã. Esse livro, em especial, estou doida para ler, vejo falar muito do personagem, o Rhys. rs
    Adorei sua resenha e sei o quanto é difícil de se despedir de uma história que nos cativa.
    Estou bem ansiosa para ler mais da autora.

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Fernanda!

      Ele virou meu crush do ano haha
      Fico feliz em saber disso :)

      Beijos!

      Excluir
  3. Não curto mesmo romances de época, por mais bem escrita que a obra possa ser. Mas é legal ver a paixão com que você descreve esse livro e a escrita da autora. Muito bom quando vemos personagens bem trabalhados e reais nas histórias.

    Beijos,
    Isa
    taglibraryisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Isa!

      Eu entendo, tem gêneros que não nos agradam tanto, mas fico feliz em saber que consegui passar a emoção do livro até para você, que não curte romance de época.

      Beijos!

      Excluir
  4. A Elo fez um post ótimo sobre a Lisa tb, já me convenceram a ler!!
    Fiquei super intrigada com esse enredo, ele parece que tem muito de romance, mas depois parece que será dramatico, uma confusão só, mas a sensação geral que tenho é de que tem uma boa construção e que eu vou amar!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Lisa é muito sentimental, seus livros possuem cargas emotivas que são maravilhosas, não consigo me arrepender de ler suas obras, em alguns momentos a acho melhor que a Julia Quinn.

      Excluir
  5. Amei sua resenha <3 FAZ muito tempo que não leio esse gênero, e nunca li nada da autora. E nesse mês na minha box do Clube Livros e Citações veio "Um acordo pecaminoso", então vamos dar uma oportunidade para essa série, assim que adquirir os primeiros volumes irei iniciar a leitura, embora não seja necessária a leitura em ordem de publicação quero fazer assim. BJS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada :)

      Faz a leitura em ordem sim, até para conhecer a história dos outros personagens. Eu estou louquinha para o terceiro livro!

      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Cecília.
    Adorei sua resenha. Eu gosto muito de obras do gênero e ainda mais da Lisa Kleypas. Eu não acho que conhecia essa obra. Parece ser bem diversificada do que estou acostumada. Quero conhecer.
    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Jessica!

      Fico feliz em ler isso :)
      Gosto muito da Lisa, sempre surpreendendo, você vai amar!

      Beijos!

      Excluir