Por Trás De Seus Olhos | Resenha

24 de nov de 2018
Foto: Gabriel Ferrari
Ei, pessoal! Tudo bem com vocês?

Vocês sabem que eu não sou crítico de cinema ou literário para trazer resenhas técnicas e impressões sobre os livros, filmes e séries para as resenhas aqui do Cores; muito pelo contrário: Procuro escrever trazendo os principais pontos da trama e também as minhas impressões pessoais acerca da historia: O que funciona, o que poderia ser diferente, o que não gostei e por aí vai. Apesar das resenhas serem bem pessoais e nada profissionais, procuro sempre criar uma espécie de mini roteiro com todos os pontos que gostaria de abordar para que o resultado seja uma resenha coesa e agradável para vocês lerem, porém, essa é a primeira vez que trago um texto escrito minutos após finalizar a leitura de "Por trás de seus olhos", da escritora Sarah Pinborough. Essa resenha não possui qualquer tipo de planejamento prévio e não faço ideia sobre o que irei falar, porque minha cabeça literalmente explodiu com essa leitura. Como um bom amante de thrillers, já li diversas obras com finais supreendentes e plot twits (inclusive há diversas resenhas aqui no site), mas nem em meus mais remotos devaneios conseguiria adivinhar o desfecho dessa história.

"Todo mundo tem segredos, Lou - comenta Sophie - Todos devem ter direito a guardar segredos. Nâo dá para saber tudo sobre uma pessoa. Você enlouqueceria se tentasse."




Por Trás de Seus Olhos - Sarah Pinborough
Título Original: Behind Her Eyes
Autor(a): Sarah Pinborough
Editora: Editora Intrínseca
Ano de publicação: 2017
Número de páginas: 346
Gênero: Thriller, Suspense
ISBN: 9788551002209
Sinopse: Louise é mãe solteira, trabalha como secretária e está presa à rotina da vida moderna: ir para o escritório, cuidar da casa, do filho e tentar descansar no tempo livre. Em uma rara saída à noite, ela conhece um homem no bar e se deixa envolver. Embora ele se vá logo depois de um beijo, Louise fica muito animada por ter encontrado alguém. Ela só não esperava que seu novo e casadíssimo chefe seria o homem do bar. Apesar de ele fazer questão de logo esclarecer que o beijo foi um equívoco, em pouco tempo os dois passam a ter um caso. Em uma terrível sequência de erros, Louise acaba ficando amiga da esposa do amante. E, se você acha que sabe para onde esta história vai, pense de novo, porque Por trás de seus olhos não se parece com nenhum livro que já tenha passado por suas mãos. À medida que é arrastada para a história do casal, Louise acaba com mais perguntas que respostas e a única coisa certa é que algo naquele casamento está muito, muito errado. Em Por trás de seus olhos, best-seller do Sunday Times e do The New York Times, Sarah Pinborough não só reinventa o tradicional triângulo amoroso, como o vira do avesso e de ponta-cabeça, numa trama “com tantos jogos mentais que você vai começar a se perguntar se esse triângulo tem mesmo três lados”, como destaca Josh Malerman, autor de Caixa de pássaros.


Em um primeiro momento imaginei que o livro contaria a história de um triângulo amoroso vivido por David, Louise e Adele. Por ser um thriller, imaginava que haveria um mistério para permear a história e nada além disso. Fui totalmente despretensioso com a leitura que me foi indicada através de um amigo no Skoob por justamente ter gostado de Ninféias Negras e seu desfecho totalmente fora da caixinha (cuja resenha você pode clicar aqui para ler). Pensei com meus botões: “Por melhor que esse livro possa vir a ser, nada vai superar Ninféias Negras.” Sarah, por sua vez, olhou bem na minha cara e riu, pois eu não fazia ideia do livro que estava em minhas mãos. 


A gente nunca sabe o que o outro realmente é sob a fachada.


Após uma noite no bar, Louise conhece um homem charmoso e envolvente. A coisa entre os dois esquenta e após alguns beijos, ambos se despedem achando que não iriam mais se ver. Na manhã seguinte, Louise descobre que o homem misterioso foi contratado na clínica psiquiátrica em que ela era secretária. O médico que se chama David não só seria seu chefe como também era casado. Ah, as ironias do destino. Obviamente, eles não conseguiram ignorar a atração que sentiam um pelo outro e David começa a ter um caso com Louise. Querem mais? E se eu contar pra vocês que ela se torna amiga de Adele, a inocente esposa? Entre conversas e confidencias entre amigas, Adele acaba soltando alguns detalhes a respeito do estranho casamento que vive com David, que parece ser extremamente controlador e obcecado pela esposa. Dentre outras bizarrices, Adele não possui trabalho e não possui celular ou cartões de crédito por exemplo. Todas finanças do casal são controladas pelo marido que dá uma mesada a Adele, além de estar sempre ligando para a eposa a fim de saber onde ela está e o que está fazendo. É tudo muito estranho para Louise que possui uma imagem completamente diferente para ela, sendo um homem carinhoso e extremamente atencioso com seu bem estar. Seria possível que David se esconde sob uma fachada? Louise determinada a desvendar os segredos que rondam o casamento de seu amante, resolve mergulhar a fundo na história dos dois.

Não posso acreditar. Já há algum tempo nosso casamento parece uma prisão, ambos sentimos isso, mas será que ele pretende se tornar meu carcereiro?


É extremamente difícil falar sobre qualquer outro detalhe do livro sem soltar nenhum spoiler que revele a verdadeira essência da história, mas Adele e David possuem um casamento de fachada em que ambas as partes se vêem presos por conta de um mistério que envolve o incêndio que ocorreu na casa de Adele quando criança em que seus pais morreram. Por conta do trauma, Adele desenvolveu alguns distúrbios e problemas para dormir, tendo passado um tempo de sua vida em uma instituição para receber ajuda profissional e superar os traumas. A partir daqui não posso dizer mais nada, mas uma coisa eu posso assegurar a vocês, nada do que parece de fato é. Caso vocês aceitem a minha sugestão e resolvam ler Por Trás De Seus Olhos, leiam com a mente livre e mantenham isso sempre em sua cabeça: Assim como a indicação do livro, não confie nesses personagens. 

Foto: Gabriel Ferrari


Eu li em alguns lugares por aí que as pessoas no geral achavam a escrita de Sarah arrastada e de pouco impacto: eu, todavia, não concordo e posso dizer que foi um dos livros mais agradáveis que tive a oportunidade de ler em 2018. A narrativa é muito bem construída e imersiva, eu estava a ponto de ficar maluco para saber mais sobre a história. Sarah é tão genial que sabe exatamente como guiar seu leitor pela história, liberando detalhes somente sobre o que ela acha relevante sem deixar a narrativa monótona. Ela cria uma trilha de migalhas que eu segui fielmente me sentindo o Sherlock Holmes por ter desvendado tudo e no final eu vi que fui muito trouxa, mas vocês sabem que ao se tratar de Thrillers (sim, Gabriel, sabemos que é seu gênero literário favorito, vocês dizem), amo essas reviravoltas, principalmente quando o autor sai de sua zona de conforto e cria um desfecho tão fora da caixinha assim. O livro por diversos momentos brinca com a sua mente com relação a ambiguidade do caráter dos personagens e em um determinado ponto da história você não consegue dizer quem é o mocinho ou o vilão da história.

Segredos, segredos, segredos. Se olhar de perto, as pessoas transbordam de segredos. Louise coleciona vários, a carta sendo o mais recente. Em me sinto um pouquinho traída por ela não ter me contado. Por não ter considerado meus sentimentos, embora supostamente seja minha melhor amiga, mas controlo a irritação. Afinal de contas, ela está fazendo exatamente o quero que faça.

Confesso que o mistério sobre o casamento não foi tão surpreendente assim, eu já imaginava que seria algo que seguiria por aquele caminho, mas a estrutura da narrativa dela foi tão inteligente e idealizado que ela fecha esse ciclo da história para na página seguinte pisar com os dois pés na sua cabeça com o verdadeiro motivo de tudo ter acontecido. Eu voltei e reli os parágrafos 4 vezes para me certificar de que estava de fato lendo tais frases e não conseguia impedir meu queixo de cair, sem acreditar no que estava acontecendo. Por Trás De Seus Olhos flerta com o estilo consagrado ao estilo de Garota Exemplar da talentosíssima Gillian Flynn e com certeza redefiniu o conceito de final surpreendente.
Foto: Gabriel Ferrari

Por Trás de Seus olhos figura o ilustre hall dos suspenses de fazer sua cabeça explodir. Uma boa premissa, um final surpreendente (eu já citei?) e a boa escrita de Sarah consolidam a obra com um dos grandes nomes do gênero. Se tornou um dos meus livros favoritos da vida e já me tornei fã da autora. Deem essa chance e garanto, vocês não irão se arrepender. 


Nota: 5/5 - Com louvor!


Compre Por Trás De Seus Olhos: Submarino | Saraiva | Amazon


Os sábados do suspense (quadro que acabei de inventar) voltaram ao Cores! Fiquem ligados que semana que vem tem Stephen King. Aproveitem muito, leiam bastante e nos vemos próximo sábado! Até breve!


8 comentários:

  1. MAS MENINO, só pela sua introdução já estou em cólicas de curiosidade para ler esse livro, aí vejo o comentário do Josh, QUERO ESSE LIVRO pra ontem. Já adicionando a minha lista. Ainda não li "Garota Exemplar", apenas assisti (aqueles dois precisam seriamente de um psiquiatra). AMEI a indicação, obrigada <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha, o mais legal que é o tipo de livro que você não dá nada por ele e quando termina você fica catando os caquinhos no chão do que sobraram da sua mente. Espero que goste do livro e assim que ler me conta o que achou do final, PRECISO CONVERSAR COM ALGUÉM SOBRE!

      Excluir
  2. Nossa adorei sua resenha ! E que quote são esses? leria apenas pelos quotes citados.
    Apesar de não ter achado graça nessa capa, quero ler esse livro com certeza e já foi para a minha lista de desejados. Bom fim de domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, bom dia! :)

      Muito obrigado por seu comentário. Com relação aos quotes, marquei vários, mas como queria preservar ao máximo a história, escolhi apenas os mais leves. Realmente a capa não é das melhores, mas confia que o livro fica muito, muito, muito bom!

      Excluir
  3. Oi Gabriel.
    Eu adoro de verdade um bom suspense. Ja conhecia esse livro, mas não pensei em procurar nada sobre ele e agora me arrpendo. Entre personagens e motivações, a história do livro parece ser bem legal. Estou ansiosa pela leitura.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Corri pra add no skoob, UAU!
    A ultima vez que me envolvi assim com um livro foi lendo "antes de dormir" que tem essa pegada beeem misteriosa!
    Agora preciso saber desse final!!!!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Não costumo ler muitos livros do gênero, mas já estabeleci como meta pra 2019 ler mais suspenses, então adorei a dica e já anotei pra ler no próximo ano. Resenha ótima!

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Pela sua resenha pude perceber o quão bom esse livro deve ser é o quanto que você gostou, anotei a dica e espero que nas férias eu espero ler

    Beijos

    ResponderExcluir